Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Gosto de Cereja


O cinema iraniano da década de 90 é tão festejado por dar continuidade à escola do neorrealismo italiano e conferir a ela o frescor de uma cultura tão rica como a deles.

Em Gosto de Cereja, o diretor Abbas Kiarostami segue à risca estes preceitos, só que com a intenção de subvertê-los e jogar terra no ventilador, trazendo à tona a discussão sobre os “perigos” da utilização dos chamados atores sociais em filmes de ficção, a não-utilização de trilha sonora, cenários reais e outros elementos em prol de atingir-se um tom documental, aproximando as ficções dos documentários.

Para tanto, a história escolhida foi a de um cidadão em busca de alguém para ajudá-lo a se suicidar. A intenção dele é de ser enterrado vivo e por isso existe a necessidade de se buscar ajuda. O problema é que o homem está em território muçulmano, ou seja, será difícil encontrar alguém disposto a fazer aquele “trabalho” quando entra em jogo as crenças religiosas de cada um.

A partir desta pequena premissa, desenvolve-se uma discussão detalhada sobre suicídio, morte, vida, religião e sobre o que pode ou não configurar-se como boas ações. Tudo isso sem precisar de artifícios que não sejam os diálogos e as ações registradas pela câmera.

A narrativa é crua, como a de um documentário. Em alguns momentos, as cenas são tão boas que é de se questionar se aqueles atores são profissionais muito bons ou se são atores sociais (pessoas comuns) que, por ter algum envolvimento com o tema, facilitaram o trabalho do diretor em arrancar deles emoções quase reais.

Quando tudo parecia se encaminhar para uma resolução, vêm os dois ou três últimos minutos e transformam aquilo que poderia ser apenas mais uma obra em um objeto de estudo inesgotável. Surgem imagens de câmeras caseiras antigas numa sequência metalinguística de fundir a cabeça do espectador.

É ali que Kiarostami arrebata o público e explicita a sua genialidade.

Trailer:

(Ta'm e guilass, Irã/França, 95 minutos, 1997)
Dir.: Abbas Kiarostami
Nota 9,5

5 comentários:

Anônimo disse...

Torrent e legenda para este filme, que é difícil de encontrar: http://www.megaupload.com/?d=Q2E13VPR

Aproveitem!

Anônimo disse...

Oi Fred,

No meu blog todo mês coloco em destaque algum blog bacana sobre cinema e esse mês escolhi o seu.

Depois de uma passada lá para ver.

http://ccine10.blogspot.com/2010/06/fred-burle-no-cinema.html

ABRAÇO

Fred Burle disse...

Oi, Ccine! Muito obrigado pelo destaque no blog de vocês. Já até fui lá dar uma olhada.
Abraço!

jorlan disse...

Parabéns texto objtetivo e pertinente. Kiarostami gênio integra sabiamente o expectador à forte reflexão proposta pelo filme.

Fred Burle disse...

Obrigado, Jorlan!
Kiarostami inspira!

Postar um comentário

Concordou com o que leu? Não concordou?
Comente! Importante: comentários ofensivos ou com palavras de baixo calão serão devidamente excluídos; e comentários anônimos serão lidos, talvez publicados, mas dificilmente respondidos.

 
Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias